Rotina de cuidados para cultivar Rosas no Jardim ou no Vaso

Rosas na Culinária
2 de set. de 2016
Rosas trepadeiras
12 de set. de 2016
Exibir tudo

Rotina de cuidados para cultivar Rosas no Jardim ou no Vaso

Iluminação e Temperatura

A planta deve receber sol direto, evitando sombra, cantos escuros e ambientes internos. A temperatura ideal para o bom desenvolvimento da rosa é amena, sem calor ou frio extremo.

O melhor momento para plantar Roseiras

O outono é a temporada ideal para plantar roseiras, já que o solo está quente depois dos meses de verão. Isto permite que as roseiras, oportunamente plantadas, se enraízem com maior facilidade e rapidez no solo do jardim. Por este motivo, as plantas de raiz nua são especialmente adequadas para plantar no outono. As primeiras raízes formam-se já no outono de modo que no verão seguinte, a roseira estará bem firme e florescerá copiosamente. As roseiras em vaso e as plantas em recipiente podem ser plantadas durante todo o ano, exceto no inverno e com geadas. Por isso, se não plantar a sua roseira até a primavera já estar bem adiantada, não poderá esperar mais que uma escassa floração.

O substrato adequado para as Roseiras

Sabemos que as roseiras são arbustos ornamentais exigentes, por isso, necessitam que a terra cumpra muitos requisitos para se desenvolverem perfeitamente. O substrato para roseiras não deverá ter tendência para ficar encharcado, porém precisa ser capaz de reter bem a umidade. Além disso, o solo deverá ser profundo, solto, não compactado e rico em húmus.

Como regar corretamente as Roseiras

A roseira é uma planta exigente em água, por isso os canteiros devem estar sempre com teor de umidade adequado, evitando excessos e, consequentemente, o aparecimento de fungos. É preciso ter uma boa drenagem. Apenas a terra deve ser molhada, evitando-se cobrir a parte aérea da planta com água.
Na hora de regar as roseiras, é muito importante ficar atento para que a água penetre bem na terra. Isto significa que o solo deve ser mantido em umidade constante. Recomenda-se regar de forma mais espaçada, porém mais abundante. Se, pelo contrário, apenas for regada a superfície, a roseira apenas formará radículas nesta zona do solo, tornando-se mais sensível. Não regue em cima das folhas ou das flores. Para regar a sua roseira da forma correta, pressione firmemente a terra e forme um murete ao redor da planta. Dessa forma, a água chegará diretamente às raízes.
A rega pode variar conforme o tipo de solo, época do ano, umidade etc. No entanto, recomenda-se a irrigação duas vezes por semana (dois a três litros de água/planta), já no inverno a quantidade deve ser reduzida.

Quer saber mais?

Entre em contato conosco através do telefone (35) 3232-7174 e venha nos fazer uma visita!

Assine nossa Newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *